Ambientes de homologação e produção, o que são e para que servem?

Dando continuidade à série com o tema NFC-e, mais uma vez voltamos a falar sobre CSC – Códigos de Segurança do Contribuinte, que serve para gerar o QR Code da NFC-e e garantir a autenticidade do DANFE (Documento Auxiliar da Nota Fiscal de Consumidor Eletrônica).

Consequentemente, para gerar o CSC, é necessário emitir a NFC-e em dois ambientes, o de homologação e o de produção, mas qual a diferença entre eles e o que significam? Acompanhe o artigo de hoje e não tenha mais dúvidas!

Ambiente de homologação e de produção é o espaço onde todos os seus dados são processados e armazenados e a principal diferença é:

  • Ambiente de homologação é o ambiente utilizado apenas para testes. Todos os documentos enviados a esse ambiente não possuem validade fiscal, podendo ser utilizado dados reais ou fictícios. Ou seja, aquele que a SEFAZ disponibiliza para que o empreendedor emita a NFC-e que não tenha valor fiscal.
  • Ambiente de produção é o ambiente utilizado apenas para emissão de NFC-e com validade fiscal e somente podem acessar esse ambiente as empresas autorizadas pela SEFAZ a emitir NFC-e.

Para gerar o CSC, o ideal é que você emita de 4 a 10 notas no ambiente de homologação, dessa forma a SEFAZ liberará o CSC de produção para que você o utilize e possa emitir suas NFC-e’s em ambiente de produção, ou seja, de forma válida.

O ambiente de homologação é igual ao ambiente de produção, a única diferença é a validade do documento emitido.

A QUEM PROCURAR QUANDO NÃO SOUBER O QUE FAZER?

Caso você sinta dificuldade, é interessante que o seu contador seja consultado. Ele vai gerar o CSC de homologação e em seguida você vai inserir em um software emissor, junto com o certificado digital e emitir as notas de testes, só assim a SEFAZ liberará o CSC de produção para que você possa emitir as notas válidas.

Lembrando que para gerar o CSC é preciso acessar a área restrita do site da SEFAZ do seu estado por meio do código de acesso e senha do representante legal da empresa, que já foi cadastrado anteriormente.

Entendeu? Mais alguma dúvida sobre como gerar CSC? Acompanhe outros artigos em nosso blog e fique sempre bem informado.

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *