Dicas para evitar erros no Cálculo dos Impostos de sua NFe

Veja como otimizar a gestão dos impostos e de que forma uma solução otimizada pode melhorar seu desempenho

Aqui no Blog do Saldo MAIS nós já falamos sobre os perigos e complicações que os Impostos podem causar na rotina de quem emite Notas Fiscais. Entre esses desafios, está a necessidade de relacionar sempre a taxa certa para cada transação. Mas, hoje em dia, não é mais necessário viver com a calculadora (ou um manual de instruções) na mão para emitir sua NFe.

Já é possível evitar problemas mesmo quando acontecem aquelas alterações de lei que, durante muito tempo, pegavam os empreendedores de surpresa. Quem usa um sistema de emissão de notas como o Saldo MAIS, por exemplo, já conta com ferramentas que otimizam o preenchimento das alíquotas na hora de emitir uma NFe.

Por que é importante calcular corretamente seus impostos

Mas por que essa é uma necessidade real para sua operação? De modo geral, existem diversos impostos que incidem sobre o que você vende e cada um desses tributos pode mudar, dependendo do seu negócio, dos produtos que você comercializa e do destino da mercadoria vendida. Ou seja, cada NFe pode ter uma porcentagem ou tipo de cobrança diferente.

E, como sabemos, aqui no Brasil, o que não falta são Tributos! Há o recolhimento do imposto sobre produtos industrializados (IPI) e sobre a circulação de Mercadorias e Serviços (o ICMS, que varia de estado a estado). Além deles, ainda podem incidir alíquotas como COFINS e PIS, entre outras.

Então, já pensou ter que ficar horas do seu dia a dia lembrando qual é o imposto (e o valor) a ser lançado em cada transação? Não tem como, certo? Por isso, se você tem dúvidas sobre qual taxa será cobrada no seu caso, nossa dica #1 é sempre a mesma: procure seu contador e entenda quais impostos e alíquotas incidem sobre o produto que você comercializa, de acordo com a atividade e regime de tributação de sua empresa!

O especialista de sua confiança vai explicar, por exemplo, em quais casos a cobrança poderá variar e como isso pode impactar em seus resultados. E é por isso, basicamente, que eles precisam ser sempre checados, a cada nota.

O que o Saldo MAIS faz por você?

O que o Saldo MAIS faz, nesse caso, é otimizar a forma como você gerencia esses diferentes tipos de cobrança: basta cadastrar os impostos que devem ser incluídos em sua Nota e relacioná-los aos produtos que você vende.

Depois disso, toda vez que você informar o produto comercializado na nota fiscal que deseja emitir, o sistema relacionará as porcentagens cadastradas e realizará os cálculos automaticamente.

Dessa forma, você poupa tempo e ainda evita erros com a legislação do seu ramo de atividade. Sem dor de cabeça, sua vida será mais tranquila, com tempo para procurar novos negócios e ganhar mais!

Quer colocar isso em prática? Acesse já nosso site e experimente grátis o Saldo MAIS! São 15 dias sem pagar nada!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *