arquivar as notas fiscais eletrônicas

Como arquivar as notas fiscais eletrônicas sem erros

Veja 4 dicas para sua empresa arquivar as notas fiscais eletrônicas e evitar problemas com a gestão fiscal

Você já que sabe que toda vez que sua empresa vende um produto, uma nova nota fiscal precisa ser emitida. O que você talvez não lembre é que durante muito tempo, guardar todos esses documentos era uma tarefa quase heroica, com livros e arquivos lotados de papel!

Hoje, com as Notas Fiscais Eletrônicas, tudo é diferente. Mas, ainda assim, existem alguns pontos que você precisa ter atenção na hora de armazenar os dados de suas transações. Você sabe quais?

4 dicas para arquivar as notas fiscais eletrônicas sem erros

#1. Faça mais cópias dos arquivos (não confie apenas no seu computador)

Antigamente, os empreendedores tinham de guardar a papelada fiscal por 5 anos em armários e livros. No seu caso, os dados são digitais, mas sua NF-e também precisa ser armazenada em um espaço adequado e longe de falhas.

O melhor caminho é ter um backup das informações. Por exemplo, quem usa o Saldo MAIS pode baixar suas notas e salvar em pastas específicas do computador da empresa, mas, ao mesmo tempo, pode ter a certeza de que os registros estão à salvo em servidores superseguros baseados na Computação em Nuvem.

Isso é o que você precisa fazer na sua empresa! Ter mais de uma cópia é essencial.

#2. Crie métodos de organização

Salvar os arquivos em qualquer lugar também não vai ser nada útil se você tiver que procurar uma NF-e depois. Então, lembre-se de guardar os dados em pastas organizadas, por mês, tipo de operação e até por cliente ou região.

Tudo isso vai simplificar sua análise e agilizar o dia a dia!

#3. Faça o download de suas NF-e regularmente

O formato de fiscalização hoje em dia pode ser bem diferente do que era no passado, mas ainda assim é importante que o empreendedor mantenha sua movimentação fiscal corretamente arquivada e em dia.

Por isso, mesmo sendo fácil baixar e gerar os arquivos XML, por exemplo, é bom manter o ritmo e seguir arquivando os dados na hora. Pense assim: ter as pastas em ordem tanto vai evitar possíveis dores de cabeça quanto também agilizará o trabalho de gestão de sua companhia.

#4. Use ferramentas que ampliem a visibilidade de sua empresa sobre os dados

Nós já falamos que as Notas Fiscais podem ser grandes fontes de informação para seu negócio. Isso depende, porém, das ferramentas que você tem à disposição.

Sendo assim, tenha em mente a importância de contar com soluções modernas e que agreguem mais oportunidades à gestão da loja ou fábrica.

O emissor de notas fiscais é um elemento-chave nesse quesito e nós podemos ajuda-lo a entender mais por que. Quer saber como?

Teste grátis o Saldo MAIS e comece já a gerar, usar e arquivar as notas fiscais eletrônicas sem erros! São 15 dias grátis para você experimentar!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *