Evolução: conheça os 3 tipos de Emissor de NF-e

Veja quais são os principais tipos de emissor de nota fiscal eletrônica e descubra como cada um deles se integra à gestão fiscal e tributária

Desde o começo do ano, muita coisa já mudou para quem precisa de um emissor de nota fiscal eletrônica. Mas, afinal de contas, o que está realmente à disposição do seu micro ou pequeno negócio quando o assunto é emissão e controle de NF-e?

Para responder essa pergunta, o Blog Saldo MAIS traz hoje a lista com os diferentes tipos de softwares para emissão de nota fiscal e como cada uma dessas opções pode ajudar seu dia a dia. Vamos lá:

#1. Emissor Gratuito de NF-e (da SEFAZ)

Desenvolvido pela Secretaria da Fazenda do Estado de São Paulo, o sistema público fez sucesso no início do plano de modernização da emissão de notas fiscais, por ser gratuito e ter atualizações recorrentes.

Hoje em dia, no entanto, essa é uma solução muito específica e que peca no quesito agilidade. Indicado a quem emite notas apenas de forma esporádica, esse sistema não tem formas de autopreenchimento e nem ferramentas de registro automático. Para o caso de quem precisa de autonomia e controle, sem falar em disponibilidade de tempo para outras tarefas, o emissor da SEFAZ pode não ser a ferramenta mais adequada.

#2. Programa Emissor de NF-e (pacotes via Download)

A ‘segunda fase’ dos softwares de emissão de NF-e chegou como evolução do sistema gratuito da SEFAZ. Novos recursos foram agregados, garantindo mais controle aos clientes.

Para usar esse emissor, o cliente precisa fazer a instalação de um programa em uma máquina específica e configurar quais funções são necessárias. O contraponto fica por conta da necessidade de se manter uma máquina como ponto central da emissão de notas fiscais e para a menor agilidade no processamento dos dados.

Outra questão a ser analisada nesse tipo de software de emissão de NF-e é a forma de se inserir as atualizações de segurança da plataforma: por se tratar de um programa instalado, toda e qualquer configuração ou renovação dos parâmetros deve ser feita pelo usuário.

#3. Emissor de NF-e Online (baseado em Nuvem)

A nova geração dos emissores de NF-e tem como chave a mobilidade. Baseados na Computação em Nuvem, os softwares para emissão de notas fiscais modernos trazem mais agilidade à emissão e validação dos registros por, entre outros pontos, incluírem:

  • Atualização automática dos parâmetros básicos para emissão de NF-e;
  • Ferramentas de registro automatizado, que facilitam o processo de preenchimento das notas;
  • Backup ativo das notas fiscais e dados da operação;
  • Utilização de Servidores de alta performance e segurança reconhecida;
  • Sistema mais leve, que não exige instalação adicional ou infraestrutura específica para utilização (pode ser rodado em qualquer máquina com acesso à internet).

Além disso, as ferramentas hospedadas na Web conseguem otimizar o controle das notas fiscais eletrônicas, com sistemas de visualização intuitiva e rápida comunicação entre empresa, SEFAZ, cliente e contador.

Precisa de um emissor? Teste grátis o Saldo MAIS por 15 dias e descubra na prática todas as vantagens de um emissor baseado em Nuvem!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *