Defina o seu preço de venda. Confira nossas dicas e acerte em cheio

Uma das grandes dúvidas do empreendedor surge na hora de definir o preço de venda. Essa definição é realmente muito importante para o sucesso do negócio.

Se essa também é sua dúvida, não se preocupe mais, pois, com as dicas que daremos, tudo ficará mais simples. Acompanhe.

Se você tem sua empresa que vende produtos ou presta serviços, já tem sua rede de fornecedores, e sabe que para faturar é necessário, além de oferecer produtos de qualidade, ter preço competitivo, então ótimo! Você está no caminho certo.

Mas, se ainda há aquela dúvida de como definir o seu preço de venda. É importante saber que antes de formar o valor do seu produto, você deve levantar os custos para manutenção e operação de seu negócio, e qual margem deverá usar, levando sempre em consideração a concorrência e o valor de mercado.

Fazendo esse levantamento da forma correta, você vai se posicionar competitivamente e garantir que seu empreendimento seja lucrativo; cubra os custos e ao mesmo tempo seja atraente para seus clientes.

Levantamento de custos

Então vamos lá. O primeiro passo antes de dar valores aos seus produtos, é levantar todos os custos do seu negócio, que geralmente são: aluguel, água, telefone, internet, energia, salários de funcionários, sua renda mensal, impostos, aquisição do produto, etc.

Margem de lucro mínima

A partir daí você define uma margem de lucro mínima que irá trabalhar. Lembrando que você não precisa ter uma margem fixa para todos os produtos que vende. Essa margem pode variar de produto a produto, levando em consideração a quantidade de saída e o preço praticado pelos seus concorrentes.

Com os custos de operação da sua empresa em mãos, você deve representar percentualmente, quanto desses custos vão compor o preço de venda de seu produto. No exemplo que citaremos logo abaixo, vamos supor que temos uma empresa que vende apenas um produto (copos), logo, todos os meus custos e o lucro da empresa têm de ser cobertos pela venda dos copos. Veja:

PV: Preço de venda por copos: R$15,15 – que decorre das operações que faremos abaixo:

CA: Custo de aquisição do copo: R$5,00;

CTM: Custo total de manutenção e operação da empresa (aluguel, telefone, salários, etc.): R$15.000,00, assim vamos fixar um percentual de 20%que incidirá sobre o custo de aquisição do produto;

IV: Imposto sobre a venda: 32%;

ML: Margem de lucro: 15%;

PV: (CA/ (100%-CTM=20% + IV= 32% + ML =15%)) *100;

PV: (5/100% – 67%) * 100… PV = (5/33) *100… PV= 0,1515 *100… PV = R$ 15,15.

Por tanto, conforme o exemplo, para manter minha empresa devo vender mensalmente 4.950 copos. Lembrando que sua margem de lucro pode variar de acordo com o preço de venda praticado pelo mercado.

Se achou complicado, fique tranquilo! Criamos uma planilha para você fazer todos esses cálculos automaticamente. Seu único trabalho será de informar os valores e percentuais conforme estamos explicamos nela.

Baixe agora gratuitamente a Planilha – Formação de Preços

Pronto! Agora é só vender. E para faturar já sabe, acesse já o Saldo Mais e emita suas notas fiscais a qualquer hora, em qualquer lugar, sem limites, de forma simples e prática. Fature mais, fature com o Saldo Mais.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *