3 motivos para sua empresa NÃO deixar de emitir Nota Fiscal

Veja porque deixar de emitir Nota Fiscal pode significar um risco para seu negócio   

A gente vive falando aqui que está muito mais simples gerar uma NF-e. Ainda assim, acredite, existe quem prefira se arriscar e vender sem qualquer comprovante fiscal. Esperamos que este não seja seu caso, já que esta é uma verdadeira armadilha! Mas, por via das dúvidas, vamos apresentar os 3 motivos essenciais para sua empresa não deixar de emitir notas fiscais de jeito nenhum. Confira:

  • Não emitir notas fiscais é crime (e gera várias penalizações)

Na semana passada falamos sobre o Carlos, lembra? Ele deixava de emitir notas fiscais eletrônicas por conta da pressa – e por achar que algumas vendas eram pequenas demais para “se fazer uma NF”. O resultado foi que, no fim das contas, ele acumulou várias multas e problemas por falhas da gestão fiscal.

Isso aconteceu porque a emissão de notas fiscais é lei e serve para comprovar as transações feitas pela sua empresa. Ao deixar de emitir uma NF-e, sua empresa pode sofrer com sanções que variam de caso a caso. As principais, no entanto, são a exclusão do regime de tributação e a aplicação de multas que variam de 10 a 100% o valor da nota não gerada.

*** Lembre-se de que, hoje, a receita Federal consegue cruzar dados e monitorar possíveis compras e vendas realizadas sem Nota Fiscal! ***

  • A Nota Fiscal Eletrônica garante seus direitos (e os de seus clientes)

Mesmo que seu cliente não faça questão – ou não peça –, é essencial que sua equipe emita a NF em todas as vendas. É esse documento que servirá de base para o atendimento do consumidor em qualquer processo de garantia e mostrará o que foi vendido, efetivamente.

Além de ajudar seu consumidor, dando respaldo para atendimento, por exemplo, a Nota Fiscal emitida também é importante para seu negócio destacando qual é sua responsabilidade e participação nesse processo – que inclui as opções de trocas, devoluções e ajustes, entre outras coisas.

  • A NF-e também pode ajudar sua gestão financeira

O que o Carlos e os outros empresários que deixam de emitir notas fiscais não perceberam (ainda) é que os comprovantes fiscais não são uma dor de cabeça. A NF-e é um instrumento de controle e gestão fiscal das PME. Você também não sabe o porquê? Então, veja:

  • Com as notas fiscais de entrada e saída, você pode checar o fluxo de seu caixa com facilidade;
  • Toda NF-e mostra detalhadamente o recolhimento dos impostos de sua operação (e isso facilita a visibilidade geral sobre o andamento desse processo);
  • As notas também auxiliam a entender o movimento do negócio e até quais são seus produtos mais importantes (aquilo que vende mais);
  • Você tem uma nova e valiosa informação para fazer predições sobre seu dia a dia.

Vale lembrar, por fim, que mais do que mostrar quanto entrou ou saiu de seu caixa, as NF eletrônicas também ajudam a orientar o pagamento de impostos e demais tributos – e a sonegação das alíquotas pode significar até o fim de sua companhia!

Acompanhe nosso blog e saiba tudo sobre Gestão Fiscal! Não deixe de enviar suas dúvidas nos comentários.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *