diferença entre NF-e e NFS-e

Qual a diferença entre NF-e e NFS-e, afinal?

Saiba como escolher o tipo de nota fiscal ideal para seu negócio; descubra a diferença entre NF-e e NFS-e e o que fazer se você vende produtos e/ou serviços

Desde que o sistema de emissão de nota fiscal eletrônica foi criado, os empreendedores passaram a ter várias opções na hora de escolher o tipo certo de Nota Fiscal para seu negócio. Entre essas opções, as mais comuns são a NF-e e NFS-e. Mas você sabe o que muda em cada uma dessas versões?

Qual a diferença entre NF-e e NFS-e?

A principal diferença entre NF-e e NFS-e é o tipo de operação que sua empresa oferece aos clientes.

A NF-e é destinada a quem vende produtos. Nela você terá encargos específicos, como IPI e ICMS. Ou seja, se você tem uma loja de materiais de construção, a NF-e é o modelo de nota fiscal mais apropriado para seu caso.

Já a NFS-e modelo de nota fiscal é para quem presta serviços. A nota fiscal de serviços, portanto, é a versão indicada para médicos, advogados, entregadores, profissionais de manutenção etc.

Qual o tipo de nota fiscal para quem vende produtos e faz prestação de serviços?

Antigamente, quem vendia produtos e entregava serviços tinha um modelo específico de nota fiscal: a NF Conjugada. Hoje, no entanto, a situação é um pouco diferente: a primeira coisa a fazer é procurar a prefeitura de sua cidade e checar se ela está associada aos padrões da NF nacional.

Se a resposta for sim e sua cidade tiver acordos de parceria firmados com o governo federal, sua empresa terá de emitir a NF-e do modelo 55, que permite cobrar tanto o imposto sobre mercadoria (ICMS) quanto o de serviços (ISS). Então, se você vende móveis planejados e também faz a instalação, reparo ou reforma desses itens, o jeito é falar com a prefeitura local.

Caso seu munícipio não tenha esse acordo com a Secretaria da Fazenda, possivelmente sua empresa precisará emitir duas notas fiscais separadas. Ou seja, terá de ter a NF-e e NFS-e.

E se restar dúvidas, lembre-se: consulte seu contador!

Entendeu qual é a diferença entre NF-e e NFS-e? Então, se você vende produtos e quer tornar todo esse processo mais simples, que tal começar agora mesmo? Experimente o Saldo MAIS por 15 dias grátis e surpreenda-se!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *


Comunicado IMPORTANTE!

O Saldo Mais, em nome da sua Diretoria, vem por meio deste informar a todos os clientes, amigos e parceiros, que suas atividades estarão sendo encerradas em 31 de janeiro de 2021, prazo este para que nossos clientes tenham tempo hábil para procurar outra solução para emissão de notas fiscais para seus negócios. Novos cadastros estão suspensos, estaremos prestando serviço somente para quem já é nosso cliente.

Informamos também que o plano mensal bem como sua renovação só estará disponível até o mês de Abril (30/04/2020).

Para maiores informações, clique aqui e saiba mais.