Quando devo investir?

Tão importante quanto faturar, investir também é fundamental em diversas fases da sua vida e do seu negócio. Porém, antes de dar esse passo, é preciso analisar se realmente o momento é ideal.

Acompanhe o blog de hoje, pois vamos te orientar direitinho quanto ao momento certo de optar por esse recurso. Vamos lá?

O que é Investimento

É qualquer gasto ou aplicação de recursos que produza um retorno futuro. Quando se trata de finanças, investimento nada mais é que aplicar dinheiro para que ele produza rendimentos. Isso é possível por conta dos juros sobre as aplicações financeiras, pois, ele que faz com que o dinheiro se multiplique. Em uma comparação simples, estar endividado é dever dinheiro para o banco e investir é emprestar dinheiro para ele. Por isso muitas vezes essa é a melhor opção. Lembrando que investir não é poupar, como muitos pensam, pois poupar é juntar dinheiro e investir como já foi citado a cima, é a aplicação do dinheiro. Mas…

Quando devo investir?

O primeiro passo para fazer um investimento é ter um objetivo real. Comece fazendo perguntas básicas como: por que devo investir? Quais os riscos deste passo? Compreender os perigos deste recurso é fundamental, pois, se você ficar impossibilitado de arcar com alguma despesa isso poderá atrapalhar seu planejamento financeiro por um tempo ou até anos. Sem falar que fazer uma aplicação não exige apenas recursos, mas também tempo, esforço e acompanhamento, tudo a fim de obter algo futuro.

Após entender sua real situação patrimonial, bem como compromissos financeiros, é hora de ver como quer fazer a aplicação e escolher a opção ideal, dentro do seu tipo de perfil.

Atualmente, existem diversas aplicações disponíveis no mercado que satisfazem os mais diferentes perfis de investidores. As mais comuns são: tesouro direto, ações e fundos de investimento. Cada um tem sua particularidade e todos podem apresentar excelentes rendimentos.

Procure saber qual a referência de rendimento o fundo que você escolher está atrelado, qual risco ele oferece, em quanto tempo o dinheiro é disponibilizado para você a partir do momento que solicita o saque e, principalmente, qual a taxa de administração desse fundo. Agora é só pesquisar qual combina melhor com você e aplicar!

Gostou das dicas? Continue acompanhando nosso blog e redes sociais e fiquei por dentro de tudo no mundo dos negócios. E não esqueça: fature mais, fature com o Saldo Mais! Faça nosso teste gratuito por 7 dias!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *


Ainda não vá embora!

Receba em seu e-mail nossos conteúdos, notícias e novidades.

Cadastre-se agora mesmo!