Sua empresa está preparada para a Nota Fiscal 4.0?

De grão em grão, a galinha enche o papo. Mas o que tem a ver com o blog dessa semana? A resposta é o conhecimento.

Quanto mais conhecimento recebemos, mais estaremos preparados para a vida. Nosso objetivo é atualizar você empreendedor, com conteúdo prático e informações importantes para o dia a dia do seu negócio.

A pergunta é: sua empresa está preparada para Nota Fiscal 4.0?

No dia 2 de julho de 2018, os estados tornaram obrigatório a emissão de notas fiscais na versão 4.0. Na prática, significa dizer que desde esta data, para poder faturar, sua empresa só poderá emitir notas fiscais eletrônicas na versão 4.0. O principal objetivo da atualização da NF-e 4.0 foi trazer segurança aos empresários e consumidores.

Neste aspecto, o que mudou foi o protocolo de comunicação da NF-e com o governo. O que eu quero te dizer: imagine que você tem um pacote, que neste caso são os dados, e este pacote deve ser transportado por um entregador, neste caso protocolo de comunicação. Imaginou? Só que este entregador é fraquinho e não pode se defender de vários ataques constantemente durante este trajeto. E agora? Vamos te ajudar a entender melhor. Imagine nesse exato momento que este entregador é o incrível HULK, neste caso novo protocolo de comunicação, como é o HULK, ele lhe deixará seguro contrata invasores e vírus, lhe dando a segurança e agilidade necessária para informações tão importantes, esmagando qualquer invasor que se atreva a atravessar seu caminho.

Outras mudanças que você precisa saber:

  1. A inserção de um campo para informações referentes ao Fundo de Combate à Pobreza (FCP);
  2. O Campo de Informações de Pagamentos fará parte do Grupo de Informações de Pagamento, além disso há uma expansão das informações a serem inseridas, como troco e formas de pagamento;
  3. No campo Indicador de Presença poderá ser utilizado a opção 5 (Operação Presencial fora do Estabelecimento);
  4. No novo modelo foram criadas duas novas modalidades de frete: transporte próprio por conta do destinatário e por conta do remetente;
  5. Produtos sujeitos a rastreio da vigilância sanitária agora possui um campo de rastreabilidade com informações do número de lote e data de fabricação ou produção;
  6. Um campo para Inserção do código da Agência Nacional de Vigilância Sanitária (ANVISA) foi criado para o comércio de medicamentos;

Você precisa só de uma coisa: estar no mundo da NF-e 4.0. E o resto? Deixa que o Saldo Mais faz a emissão de notas fiscais ilimitadas para você.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *